segunda-feira, 9 de junho de 2014

Por mais pequenas engenheiras

Que há áreas do conhecimento mais ligadas a um gênero ou a outro, todo mundo aceita. A questão é fecharmos o espaço para um dono só. As meninas acabam sendo pouquíssimo estimuladas para as ciências exatas. Inclusive na forma de brincar. Isso até alguém brilhante inventar a GoldieBlox. É um brinquedo que estimula meninas a construir máquinas e sistemas de engenharia.

A engenheira Debbie Sterling, formada na Universidade de Stanford, nos Estados Unidos, percorreu um caminho complicado numa área predominantemente masculina e teve a ideia de estimular futuras colegas a abraçar a engenharia.

 Ela criou a GoldieBlox - Brinquedos para Futuras Engenheiras. O projeto foi lançado no KickStarter, portal para angariar fundos na Internet, e obteve mais de US$ 280 mil de 5 mil apoiadores. Cada caixa é composta por um livro e um kit de engenharia para montar coisas como uma correia de transmissão. O brinquedo é direcionado para meninas de 05 a 09 anos. As mini-engenheiras ainda são estimuladas a compartilhar as fotos das suas invenções no site da GoldieBlox. Ainda não tem no Brasil...snif


Inicialmente, o comercial tinha como trilha uma paródia da música "Girls", dos Beastie Boys. Mas o grupo entrou com um processo contra a empresa por direitos autorais. Uma pena a GoldieBlox não ter negociado antes isso, porque a sacada da letra da paródia era outro aspecto fantástico do comercial. Eles transformaram a versão original de: "Garotas - para lavar a louça, Garotas - para arrumar meu quarto, Garotas - para lavar as roupas, Garotas - e fazer no banheiro, Garotas - tudo o que eu realmente quero são garotas" para uma versão cantada pelas meninas: "Garotas - constroem uma nave espacial, Garotas - criam um novo aplicativo, Garotas - que crescem sabendo que podem projetar essas coisas, Garotas - tudo de que realmente precisamos são garotas".

E tem ainda vários vídeos no YouTube explicando como a "Princess Machine", nome que deram à engenhoca do comercial é feita. Este fala da cozinha:




Nenhum comentário: